Reprodução social da força de trabalho superexplorada e o lugar do trabalho doméstico

CURSO DE EXTENSÃO “Dialética da Dependência, Superexploração da Força de Trabalho e Divisão Sociossexual e Racial do Trabalho Doméstico Feminino no Brasil”

📣 O Grupo Permanente de Estudos e Pesquisa Trabalho, Questão Social e Serviço Social: expressões do conservadorismo na formação social brasileira (GPETQSS/ NUTTS/UFF) convida à todxs os (as) pesquisadores(as) e interessados (as) para participar da aula 2 como atividade de greve:

📅Data : 24 de junho de 2024
⏰Horário: 18 – 20 horas
📬Local: on line
LINK DE TRANSMISSÃO: https://www.youtube.com/live/F2AbWpv_gpQ?si=gt-SjA1i2u4U34rl

📌AULA 2: ” Reprodução social da força de trabalho superexplorada e o lugar do trabalho doméstico na totalidade capitalista

CONVIDADAS:

  1. Bárbara Araújo Machado (Cap-UERJ)
  2. Roberta Traspadini (UNILA e UFSC)
    Mediação : Anna Clara Coutinho (UFF) Coordenação Geral : Profa. Ana Cristina O. de Oliveira (UFF)

👀 Serão emitidos certificados!!

Uff#YoutubeEssUff#Nutss#Gpetqss

Dependência e Destruição ambiental na Amazônia: da superexploração às lutas sociais

Atualmente, a Amazônia é o bioma com a maior biodiversidade disponível no planeta. Com tamanha abundância natural de toda ordem, o capital dominante a enxerga como um lugar a ser explorado, entendendo que essa biodiversidade é um recurso que deve ser utilizado para a (re)produção de mercadorias, enquanto que as comunidades amazônicas a percebem como um meio voltado para a sua existência. A Teoria Marxista da Dependência(TMD), em meio à expansão do capital, traz elementos que concernem à dominação das economias dependentes pelos países centrais, que, retirando a sua autonomia, faz com que os países periféricos atendam às necessidades do capital dominante. Esse arcabouço teórico nos auxilia a compreender que a degradação ambiental torna-se ao mesmo tempo condição e consequência dessa ordem econômica mundial e, a Amazônia, sendo a maior fronteira econômica a ser absorvida pelo capital, encontra, em uma conjuntura de superexploração ambiental, resistências organizadas que desaceleram o processo de exploração, denunciando a forma contraditória como o sistema que nos rege trata a natureza e o humano como mercadorias, enquanto a classe trabalhadora grita por uma nova ordem socioeconômica global.

A partir dessa compreensão e abordagem,  no dia 12 de junho em Marabá, diante o XXIX ENEP, o GT-TMD ofertará mini-curso a ser ministrado pelo prof. Dr. Armando Tafner, docente na UNIFESSPA

Armando é economista graduado na Universidade Estadual de Maringá(UEM); Mestre e Doutor pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará (NAEA/UFPA). Tem como tema de pesquisa a Expansão da Fronteira Agropecuária em direção à Amazônia e os Conflitos Socioambientais que resulta deste movimento.

Seguem os detalhes:

Data: 12 de junho das 9h ao meio-dia

Lugar: UNIFESSPA Campus III

Prof.: Armando Tafner

A participação é gratuita.

Mesa online inaugural com Adrián Sotelo “DIALÉTICA DO DESENVOLVIMENT O CAPITALISTA DEPENDENTE e SUPEREXPLORAÇÃO DOTRABALHO NO SÉCULO XXI”

É com imensa alegria que o Grupo Permanente de Estudos e Pesquisa Trabalho, Questão Social e Serviço Social: expressões do conservadorismo na formação
social brasileira (GPEPTQSS) vinculado ao Núcleo Interinstitucional de Estudos e Pesquisas sobre Teoria Social, Trabalho e Serviço Social
(NUTSS/UFF) e o Programa de Pós- graduação em Serviço Social e
Desenvolvimento Regional (PPGSSDR/UFF) convida a tod@s para participar do “Ciclo de Estudos e Debates virtuais e presenciais: Dialética da
Dependência, Superexploração da Força de Trabalho e Divisão Sociossexual e Racial do Trabalho Doméstico Feminino no Brasil”.

Amanhã terá lugar a mesa inaugural:“DIALÉTICA DO DESENVOLVIMENTO CAPITALISTA DEPENDENTE e SUPEREXPLORAÇÃO DO
TRABALHO NO SÉCULO XXI com ADRIÁN SOLETO VALENCIA” e mediação da Camilla
Nogueira (pós doutoranda em Política Social/UFES) a ser realizado no dia 15.09.23
às 18:00, de forma virtual, pela plataforma meet com o link a ser enviado
aos inscritos. Inscrições pelo link: https://forms.gle/c4aMyE6LWjHwVaZj8

Questão agrária, imperialismo e dependencia na América Latina

Com a oportunidade gerada pelo Encontro Nacional de Economia Política, tem lugar neste dia 9 de junho, às 14h00, o lançamento do livro da professora, diretora da Sociedade de Economia Política, lutadora social Dra. Roberta Traspadini, intitulado “Questão agrária, imperialismo e dependencia na América Latina”

O evento de lançamento ocorre na Sala Multimeios da Faculdade de Serviço Social, na Universidade Federal de Alagoas, organizado pelo Grupo de Pesquisas Estado, Direito e Capitalismo Dependente.

Superexploração e formas de precarização do trabalho na América Latina com Adrián Sotelo

Confira a entrevista com o prof. Adrián Sotelo Valencia, publicada no canal do GT TMD

Entrevista com Adrián Sotelo Valencia sobre “Superexploração e formas de
precarização do trabalho na América Latina” realizada em julho de 2017, na
Cidade do México.

Adrián Sotelo Valencia é sociólogo, pesquisador do Centro de Estudos
Latino-Americanos, da Faculdade de Ciências Políticas e Sociais da
Universidade Nacional Autônoma do México (Cela/Unam).

Entrevista de Camilla Nogueira
Edição de Marcos Morais
Apoio do Grupo de Trabalho da Teoria Marxista da Dependência – SEP

minicurso Estado e Padrão de Reprodução do Capital no Capitalismo Dependente Latino-Americano

Prezadas e prezados colegas,

Com satisfação divulgamos o minicurso organizado pelo GT-TMD que ocorrerá durante a programação do XXVIII Encontro Nacional de Economia Política. Como de costume, os grupos de trabalho abrirão o evento no dia 06 de junho de 2023, das 09h-12h, e teremos o minicurso Estado e Padrão de Reprodução do Capital no Capitalismo Dependente Latino-Americano.

Contaremos com a presença da professora Georgette Ramírez Kuri, da Universidad Nacional Autónoma de México, e do professor Adriano Nascimento, da Universidade Federal de Alagoas.

Nosso minicurso, seguindo a programação do ENEP, será presencial. E para participar é necessária a inscrição no evento, que segue aberta para ouvintes até o dia 30/05/2023.

Agradecemos desde já a ajuda na ampliação da divulgação e aguardamos todas e todos que estiverem em Maceió para somar nesse debate!


Minicurso do GT-TMD-SEP no XXVIII Encontro Nacional de Economia Política
Padrão de reprodução do capital no capitalismo dependente latino-americano

Data: 06 de junho de 2023
Horário: 09h-12h

Docentes:

Georgette Ramírez Kuri – licenciada, mestra e doutora em Estudos Latinoamericanos pela Universidade Autônoma do México (UNAM) e integrante do Sistema Nacional de Investigadores (SNI) do Consejo Nacional de Ciencia y Tecnología (CONACyT), sediado no México. Iniciou a sua prática profissional docente em Agosto de 2013 na Faculdade de Filosofia e Letras (FFyL) da UNAM, onde lecionou quatro disciplinas diferentes, completando recentemente o seu sétimo ano de docência. Também lecionou cursos de ensino superior no Bacharelado em Relações Internacionais no Instituto de
Educação Superior Rosario Castellanos (IESRC), no Instituto Nacional de Formação Política (INFP) e no Instituto Nacional de Formação Política (INFP) e no Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO). Atualmente, é professora da Licenciatura em Estudos Latino-Americanos da FFyL da Universidad de la Estudos Latino-Americanos na FFyL da UNAM.

Adriano Nascimento – professor de Teoria Política da Faculdade de Serviço Social da Universidade Federal de Alagoas. Professor do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social na mesma instituição. Líder do Grupo de Pesquisa CNPq/UFAL em Estado, Direito e Capitalismo Dependente. E co-organizador do livro Economia, Política e Dependência (Maceió, Edufal, 2020).

Theotonio Dos Santos, Presente!

5 anos sem a luz viva de um gigantes dentre os pensadores latinoamericanos. Ainda em 2016, ele participava de evento que co-organizamos sobre TMD na USP, em contra-ataque ao terreno do desleal e famoso contrincante da Teoria Marxista da Dependência. #TheotonioDosSantos , Presente!

Encontro sobre Teoria Marxista da Dependência, USP, 2016

Em nossa biblioteca coletiva é possível conseguir vários trabalhos de Theo: https://biblio.imperialismoedependencia.org

A Estatalidade latinoamericana – Conferência de Encerramento III SNEPD

conferência de encerramento, entitulada “A estatalidade latino-americana”, com a presença e palestra Mabel Thwaites Rey, com a moderação de Maicon Cláudio.
.
A mesa de encerramento vai acontecer dia 26/11, às 18h.
.
Lembrando que o evento será on-line e gratuito, e o link para as inscrições está na bio.
.
Mabel Thwaites Rey
É doutora pela Universidade de Buenos Aires em Direito político na área de Teoria do Estado. Mestrado em Administração Pública pela Universidade de Buenos Aires. É professora e diretora do instituto de estudos sobre américa latina e o caribe (IEALC) da faculdade de ciências sociais da UBA, e coordenadora do grupo de trabalho da CLACSO “El Estado en América Latina. Continuidades y Rupturas”.

Mediação: Maicon Cláudio
Economista e Mestre em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina e Doutorando em Economia pela Universidade Federal Fluminense. É secretário do Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA) da Universidade Federal de Santa Catarina, mas atualmente trabalha em regime de colaboração técnica no Núcleo Interdisciplinar em Estudos e Pesquisas sobre Marx e o Marxismo (NIEP-MARX) da Universidade Federal Fluminense.

Crise de hegemonia e golpes de Estado (Mesa 7 III SNEPD)

mesa 7 do III SNEPD, “CRISES DE HEGEMONIA E GOLPES DE ESTADO”.
A mesa correrá dia 26/11, às 14h, e contará com as palestras de Danilo Martuscelli, Ana Portillo e Aldo Duran Girl, com a moderação de Mariana Cândido.

O link para inscrição está na em: gpedcd.wordpress.com
.
Danilo Martuscelli
Professor adjunto C (nível IV) do curso de Licenciatura em Ciências Sociais do campus de Chapecó e do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas do campus Erechim da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). Doutorado em Ciência Política (2013) pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Realizou estágio pós-doutoral na Universidad de Buenos Aires (2016-2017). É membro do Comitê Editorial do Blog marxismo21, líder do Grupo de Pesquisa Marxismos, política e sociedade (UFFS) e vice-líder do Grupo de Pesquisa Neoliberalismo e relações de classe no Brasil (Unicamp/Cemarx).

Ana Portillo
Discente de Sociologia, militante feminista e professora de Ciencias Sociais.

Aldo Duran Gil
Possui doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2003), e Pós-Doutorado em Sociologia pela USP (2015). Professor Associado IV do Instituto de Ciências Sociais (INCIS) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS/UFU), coordenador do Grupo de Pesquisa Estado e Capitalismo na América Latina (GPESTADO/INCIS/UFU) e coordenador do Núcleo de Estudos Marxistas sobre América Latina (NEMARX-AL) do INCIS/UFU. Membro do Núcleo de Pesquisas em Ciências Sociais (NUPECS/UFU), do Grupo de Pesquisa Estado, Democracia e Educação (GPEDE/FACED/UFU) e do Grupo de Pesquisa Trabalho, Educação e Sociedade (GPTES/INCIS/UFU).

Mediação: Mariana Candido
Graduada em Direito pelo Centro Universitário CESMAC. Mestranda em Direitos Humanos pela Universidad Autónoma de San Luis Potosí – México. Integrante do Núcleo de Assessoria Jurídica Universitária Popular Aqualtune (UFAL). Membro do Grupo de Pesquisa Estado, Direito e Capitalismo Dependente do PPFSS/UFAL.

Aspectos jurídicos dos golpes de estado – Mesa 6 III SNEPD

mesa 6 do III SNEPD, “ASPECTOS JURÍDICOS DOS GOLPES DE ESTADO”.
A mesa correrá dia 25/11, às 19h, e contará com as palestras de Alessandro da Silva, Ricardo Prestes Pazello e Gabriela Caramuru, com a moderação de Fabiana Rechembach.
.
O link para inscrição está em gpedcd.wordpress.com
.
Alessandro da Silva
Magistrado – Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (SC), mestre (2015) e doutor (2019) em Direito do Trabalho na Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP) e membro do Grupo de Pesquisa Trabalho e Capital, vinculado ao Departamento de Direito do Trabalho e da Seguridade Social da FADUSP.

Ricardo Pazzelo
Professor do Curso de Direito e do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Doutor em Direito das Relações Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Paraná (PPGD/UFPR). Pesquisador e conselheiro do Instituto de Pesquisa, Direitos e Movimentos Sociais (IPDMS).

Gabriela Caramuru
Doutoranda em Direito no Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade de São Paulo (USP), possui Mestrado em Direito pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Paraná (UFPR, 2017) e Mestrado em Tecnologia junto ao Programa de Pós-Graduação em Tecnologia da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR, 2017). Professora da Pós-Graduação em Direito do Trabalho na Faculdades Integradas do Vale Iguaçu e Faculdade Campo Real; Professora de Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e Prática Trabalhista na Faculdade de Pinhais.

Mediação: Fabiana Rechembach
Bacharela em Direito pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). Especialista em Direito Público com ênfase em Magistério Superior pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul). Mestra em Direitos Humanos, Cidadania e Políticas Públicas pela Universidade Federal da Paraíba (PPGDH/UFPB). Servidora técnica administrativa em educação da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Pesquisadora vinculada ao Grupo de Pesquisa Estado, Direito e Capitalismo Dependente (GPEDCD/Ufal).