Curso Marx e Marxismo na América Latina

CURSO: MARX E MARXISMO NA AMÉRICA LATINA
Inscrições abertas e gratuitas de 03 a 14 de agosto
Curso de agosto a novembro de 2020.
Certificação de 40h. Autores a serem estudados:

  • Ruy Mauro Marini
  • Vânia Bambirra
  • Enrique Dussel
  • Lélia González
  • Frantz Fanon (Novo)

Início: 24 de agosto. Aulas virtuais através da plataforma Google Meet, às segundas-feiras, de 18 a 20h.

Informações:

instagram: @GGRAMSCIUFC

Página do Facebook: GGRAMSCI.UFC

Página do Youtube: GGRAMSCI-UFC

Teoria Marxista de la Dependencia, Capital Ficticio y Crisis Social – Palestra com transmissão ao vivo do prof. M arcelo Carcanholo

No próximo dia 29, o prof. Dr. Marcelo Dias Carcanholo fará palestra com o tema “Teoria Marxista de la Dependência, capital fictício y crisis social”, com transmissão ao vivo.

Marcelo Carcanholo foi, por diversas vezes, presidente da Sociedade Brasileira de Economia Política (SEP), e compõe sua diretoria no presente. É professor associado de Economia na Universidade Federal Fluminense.

A atividade está organizada pelo Semillero de Investigación: problemas urbanos contemporáneos (PUC), vinculado à Universidad Pedagógica Nacional .

Acompanhe pela página do Semillero no Facebook, em https://www.facebook.com/Puc.upn .

Seminarios do MAR – Debate sobre a Dialética da Dependência

Nesta quarta, 22 de julho às 15h, seguirão as atividades virtuais do Coletivo Marxista da Rural (MAR).
faremos um seminário da linha de pesquisa em pensamento econômico e social latino-americano.

*SEMINÁRIOS DO MAR:*
*Ruy Mauro Marini e a Dialética da Dependência*

_Debate com:_
Leon Suhett (UFF)
Bruno Borja (UFRRJ)

quarta, 22/07, às 15h.

inscrições para certificado na plataforma da CED UFRRJ:
http://ced.im.ufrrj.br/portal/

link da sala do seminário:
https://meet.jit.si/SeminarioMAR

texto de referência:
Ruy Mauro Marini, Dialética da Dependência.

Crise do capital, fascismo e a revolução brasileira – inscrições abertas

🚨 Inscrições abertas 🚨

Crise do capital, fascismo e a revolução brasileira.

📅 Data: 20 a 24 de julho (VIRTUAL), às 15h.

O Instituto Caio Prado Jr (ICP), entidade de pesquisa, formação e estudo sobre as temáticas que impactam na ação/reflexão da classe trabalhadora, a partir da rica teoria marxista e dos seus clássicos, realizará de 20 a 24 de julho (VIRTUAL), às 15h., o IV seminário nacional sobre a Crise do capital, neofascismo e a revolução brasileira. Essa temática se desdobrará em diversas mesas que aprofundaram o debate sobre a realidade brasileira e suas perspectivas.

1️⃣ Mesa I (abertura): 20/07
Fascismo, pandemia e luta de classes
Edmilson Costa (ICP), Eblin Farage (UFF) e Rodrigo Castelo (Unirio)

2️⃣ Mesa II: 21/07
Fundamentos da desigualdade e a crise do capitalismo
Sofia Manzano (UESB), Plínio de Arruda Sampaio Jr (Unicamp), Alysson Mascaro (USP) e Lincoln Secco (USP).

3️⃣ Mesa III: 22/07
Ruptura política: a revolução é possível?
Mauro Iasi (UFRJ), Joana Coutinho (UFMA), Milton Pinheiro (UNEB) e Luiz B. Pericás (USP)

4️⃣ Mesa IV: 23/07
O marxismo e a crise do capitalismo
Antonio Mazzeo (USP/PUC-SP), Leda Paulani (USP), Armando Boito (Unicamp) e Anderson Deo (Unesp)

5️⃣ Mesa V: 24/07
Opressões: o braço estendido da ordem capitalista
Marta Barsante (FDR), Jones Manoel (Historiador), Qelli Rocha (UFMT) e Muniz Ferreira (UFRRJ)

🎫 Inscrições: https://www.even3.com.br/icp2020

👉🏼 Obs.: Só receberão certificados os que se inscreverem e acessarem o evento pela plataforma EVEN3 (link acima).

Minicurso GT-TMD durante o XXIV ENEP – 04/06/2019

Como parte das atividades de nosso GT durante o XXIV Encontro Nacional de Economia Política, ocorrerá o Minicurso “América Latina: fascismo e revolução ontem e hoje”, a ser conduzido pela Profa. Marina Machado Gouvêa (UFRJ), no dia 04/06/2019, terça-feira, das 8 às 12h, no CCJE – Auditório Manoel Vereza, UFES – Campus Goiabeiras, em Vitória/ES.

Segue material de divulgação.

Para maiores informações sobre o XXIV ENEP: www.sep.org.br

II Seminário Trabalho e Trabalhadores na América Latina e Caribe (UNILA) – 23 e 24 abril

O II Seminário Trabalho e Trabalhadores na América Latina e Caribe ocorrerá na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), Foz do Iguaçu, Brasil, nos dias 23 e 24 de abril de 2019.

O seminário é organizado pelo Grupo de Pesquisa sobre Trabalho: https://grupodepesquisasobretrabalho.wordpress.com/

O cartaz com a programação encontra-se a seguir.

Cartaz II Seminário Trabalho e Trabalhadores na América Latina.pdf

INSCRIÇÕES ABERTAS: Marx e o Marxismo 2019: Marxismo sem tabus – Enfrentando opressões

O Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas sobre Marx e o Marxismo (NIEP-Marx) tem o prazer de convidar para o Colóquio Internacional Marx e o Marxismo 2019: Marxismo sem tabus – Enfrentando opressões. Nesta segunda década do século XXI, o crescimento de movimentos políticos e sociais orientados por perspectivas ultraconservadoras articulou-se a uma violência crescente contra as mulheres, a população afrodescendente, os imigrantes e os grupos LGBTQ+. Por outro lado, a emergência de potentes movimentos sociais em defesa dos direitos das parcelas oprimidas da população atesta que essas pautas são centrais para as leituras críticas do mundo em que vivemos e para os projetos políticos contemporâneos. Teriam Marx e as tradições marxistas contribuições significativas para a discussão das opressões? O NIEP-Marx convida interessados(as) a refletir conosco sobre essa temática geral, a partir de questões de ordem teórica e/ou histórica, desde ângulos variados, mas unificados pelo referencial teórico marxista.

Informações básicas
Data: de 26 a 30 de agosto de 2019.
Local: Universidade Federal Fluminense. Campus do Gragoatá, Niterói – RJ.
Site: http://www.niepmarx.blog.br/MM2019/marxmarxismo2019.htm
E-mail: marxeomarxismo2019

Continue lendo “INSCRIÇÕES ABERTAS: Marx e o Marxismo 2019: Marxismo sem tabus – Enfrentando opressões”

Nova Biblioteca Coletiva TMD

Em homenagem ao 8-M, tornamos disponível a nova Biblioteca Coletiva da TMD.

Nela é possível pesquisar e ver centenas de documentos – livros, artigos entre outros – além de ser muito fácil a colaboração e contribuição para ampliar a biblioteca.

Além disso, fica pela primeira vez disponível uma digitalização completa, ainda que  preliminar (com reconhecimento de texto parcial), da obra organizada em dois volumes, por Vânia Bambirra,  Ruy Mauro e camaradas da América Latina, com mais de 400 páginas de ricas análises sobre Nuestra América:

Diez años de Insurrección en América Latina

Acesse a biblioteca em:

https://biblio.imperialismoedependencia.org

Seminário Marxismo em movimento: interpretações e experiências de resi stência na atual conjuntura latino-americana Congresso Prolam-USP 2019

SEMINÁRIO 4: Marxismo em movimento: interpretações e experiências de resistência na atual conjuntura latino-americanaCoordenadora 1: Profª Ms. Karina Fernandes (Prolam-USP / UNIVESP). Coordenadora 2: Profa. Drª. Isadora de Andrade Guerreiro (FAU / USP).
Coordenadora 3: Profa. Dra. Carolina de Roig Catini (FE / UNICAMP).Resumo:A conhecida crise da economia mundial de 2007 continua a impactar a conjuntura latino-americana nos dias atuais e deu margem a variadas interpretações sobre suas causas e consequências. Tal conjuntura, politicamente, traz desafios para a classe trabalhadora na medida em que enfrenta o avanço conservador nas formas ultraliberais ou nos diversos fascismos. Na perspectiva da teoria crítica marxista, compreender a conjuntura político-econômica atual possibilita desvendar as frações da classe dominante envolvidas na determinada crise, bem como as possibilidades dessa burguesia reestruturar sua acumulação de capital. No que concerne à luta proletária e popular, esta análise concreta é determinante para as decisões táticas e estratégicas das organizações revolucionárias.Neste sentido, este Seminário se propõe, a partir da teoria marxista, levantar elementos essenciais dos fenômenos concretos da conjuntura atual latino-americana, buscando tecer reflexões (de diversas áreas) que colaborem para a especificidade da luta de classes que enfrentamos. Além disso, a segunda proposta deste seminário será revelar experiências de resistência que busquem realizar o enfrentamento necessário à nova reestruturação da economia mundial.Subtemas:– Possíveis relações da acumulação de capital da década de 70 e a crise de 2007; – Ascensão conservadora mundial e sua relação para a realidade latino-americana; – Compreensões marxistas sobre a crise política-econômica atual;
– A Teoria da Dependência como ferramenta de compreensão da inserção latino-americana na divisão internacional do trabalho; – Experiências de resistência do sul global;
– Transferência de valor entre países centrais e periféricos; – A financeirização da economia e suas consequências na América Latina; – Movimentos Sociais e a nova ordem política latino-americana; – Reforma do Estado e luta por direitos.

http://sites.usp.br/prolam/simposios-anteriores/simposio2016/seminarios-de-pesquisa/seminario-4-marxismo-em-movimento-interpretacoes-e-experiencias-de-resistencia-na-atual-conjuntura-latino-americana/

As inscrições de resumos são até o dia 10/12, no site do evento: http://sites.usp.br/prolam/