El Surgimiento De Las Teorías De La Dependencia

Claudio Katz[1]

Las Teorías de Dependencia se desenvolvieron en los años 60-70 en torno a tres vertientes. Ruy Mauro Marini, Theotonio Dos Santos y Vania Bambirra postularon una concepción marxista, que fue complementada por la visión metrópoli-satélite de André Gunder Frank. Ambas miradas confrontaron con la tesis del desarrollo asociado dependiente que propuso Fernando Henrique Cardoso. ¿Cuáles fueron sus divergencias?

Continue lendo “El Surgimiento De Las Teorías De La Dependencia”

Livro: Dependência e Marxismo: contribuições ao debate crítico latino-americano (Raphael Seabra)

Será lançado em breve o livro “Dependência e Marxismo: contribuições ao debate crítico latino-americano”, organizado por Raphael Lana Seabra, Doutor em Sociologia e Professor de História Contemporânea do Centro Universitário de Brasília. O livro estará disponível para venda em alguns dias.

A obra contém alguns textos de difícil acesso – no caso de Marco Ingrosso e Cristóbal Kay – e traduzidos por Raphael Lana Seabra, outros inéditos, como o de Fábio Marvulle Bueno, texto de orelha de Fernando Correa Prado e de quarta capa de Carlos Eduardo Martins.
O livro tem 260 páginas.

Sumário: Continue lendo “Livro: Dependência e Marxismo: contribuições ao debate crítico latino-americano (Raphael Seabra)”