Seminário TMD na USP – rompendo cadeados

“Vocês, aqui presentes, estão fazendo história!”

Assim concluía sua  intervenção Nilson Araujo de Souza, diante de um auditório lotado,  no departamento de geografia e história da Universidade de São Paulo.

2016-09-20-tmdnausp-mesa-de-abertura

Fernando Prado, intelectual e ator fundamental no processo de rearticulação da recuperação acadêmica exponencial da abordagem da TMD, se fazia presente, lembrando da vitalidade, para além dos muros da bolha universitária de alto potencial esterilizador, dessa práxis em movimentos e partidos como MST, PCB, PSTU, Brigadas Populares, entre outros.

Theotônio dos Santos, de sua parte, recordava como, de maneira quase profética, famosos contrincantes intelectuais e políticos defendiam a necessidade de “trancar com cadeado” as portas para evitar a penetração de ideias na juventude universitária brasileira.

O símbolo que representa a realização do seminário Teoria Marxista da Dependência: um resgate do exílio,  no coração acadêmico paulista, é inequívoco: romperam-se cadeados centrais do bloqueio ao debate e retomada do pensamento social latinoamericano mais autêntico e ousado.

Ao fim, como remarcou Claudio Katz, a TMD tem ganhado força em toda América Latina, face às limitações das experiências neodesenvolvimentistas e a recente onda conservadora proto-fascista em curso em Nuestra América.

O evento como um todo contou com forte presença de público, além da presença de mais palestrantes de grande nível, co-responsáveis pela vitalidade e atualidade da Teoria Marxista da Dependência, como:

Angélica Lovatto (UNESP)
Carlos Eduardo Martins (UFRJ)
João Machado Borges (PUC-SP)
Leda Paulani (USP)
Lúcio Flávio Rodrigues de Almeida (PUC/SP)
Marina Gouveia (UNILA)
Marisa Silva Amaral (UFU)
Nildo Domingos Ouriques (UFSC)
Paulo Arantes (USP)
Pedro Henrique Evangelista Duarte (UFU)
Plínio de Arruda Sampaio Jr. (UNICAMP)
Roberta Traspadini (UNILA)
Ruy Braga (USP)
Sonia Seger (USP)

É possível ver as fotos do evento, publicadas em sua página nas redes sociais, em seção própria, neste site.

Em breve estarão disponíveis vídeos das conferências.

A organização do evento fez um trabalho impressionante, com êxito mais do que merecido.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *